segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Colagem e papier-collé


 
 
 
 
 
                                                           

COLAGEM:É uma técnica radical, conflitante  e subversiva. É a inserção em determinado contexto de um elemento estranho a ele. E se distingue do papier –collé que usa essencialmente papel e cartões colados sobre tela ou outros suportes. A exegese do cubismo reconhece em Braque o criador do papier-collé, enquanto é atribuída  a paternidade  da colagem a Picasso .

A obra Natureza- Morta com Cadeira Empalhada ,um dos quadros mais notáveis do séc. XX, não é mais do que o assento de uma cadeira de palha recostada em uma mesinha em que estão dispostas várias coisas do dia a dia. Abaixo destaca-se a cadeira, ou melhor, a sua trama decorativa abstrata repetida novamente .Picasso se concentra sobre o conceito de representação .A realidade pode ser imitada, reproduzida segundo uma visão comandada pela retina (como faziam os impressionistas).A cadeira enfim pode ser movida  dentro da obra. O objeto real, um fragmento qualquer da vida cotidiana -no caso, um pedaço de tela encerada que imita o assento da cadeira  - torna-se parte do quadro. Nasce assim a primeira colagem. A presença de  algo externo dentro da pintura traz consigo muitos significados. Antes de  tudo, demonstra plena liberdade expressiva, que se torna um precedente  fundamental para muitos outros artistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário